Terras do Infante celebra contratos-programa para limpeza da floresta

  • Print Icon

Com associações de caça e pesca daquele território.

A Associação de Municípios Terras do Infante (AMTI), constituída pelas autarquias de Lagos, Aljezur e Vila do Bispo, celebrou recentemente diversos contratos-programa com associações e clubes de caça e pesca, para a execução de ações de silvicultura preventiva que se inscrevem no quadro de ações de salvaguarda da floresta contra incêndios (limpeza de caminhos, aceiros contrafogo em zonas de mato denso, «mosaicos» de gestão de combustíveis e sementeiras).

A Associação de Caçadores do Carvalhinho e Rochedo, Associação de Caça e Pesca de São Gonçalo, o Clube de Caça e Pesca Lagoa Sobrosa, o Clube de Caça e Pesca do concelho de Aljezur, e o Clube de Caça e Pesca Moinho do Coreino, promoverão ações de limpeza da floresta em cerca de 180 hectares, sendo disponibilizados, para o efeito, cerca de 40.000 euros.

A AMTI congratula-se «com o trabalho que estas associações e clubes desenvolvem na prevenção da floresta contra incêndios» e reconhece «o seu manifesto interesse».

Recorde-se que decorrem, desde o ano passado, os trabalhos de limpeza e manutenção da Rede Primária de Faixas de Gestão de Combustível, numa área de cerca de 900 hectares, bem como a construção de um novo troço dessa mesma Rede, no concelho de Aljezur, numa área de cerca de 300 hectares.

«Todos estes trabalhos constituem fator decisivo e eficiente na prevenção e proteção dos incêndios rurais e no seu combate», explica a Associação.