Lagos já conta com 21 oleões distribuídos pelo concelho

  • Print Icon

No âmbito do protocolo de parceria entre o município de Lagos e a empresa Reciclimpa para a recolha dos óleos alimentares usados, foram cedidos gratuitamente ao município cinco oleões, permitindo alargar a rede já existente e servir povoações que ainda não dispunham destes equipamentos.

A partir de agora, zonas como o Sargaçal e Portelas passam a contar com estes equipamentos de recolha, juntando-se aos 16 já existentes.

As zonas de Lagos, Chinicato e Luz foram também reforçadas, fica o concelho com um total de 21 pontos de recolha de óleos alimentares usados.

Os oleões encontram-se junto a equipamentos de deposição de resíduos urbanos já existentes. Os munícipes devem colocar o óleo alimentar usado dentro de uma garrafa de plástico usada e colocar a mesma, devidamente fechada, dentro dos oleões disponíveis.

O objetivo é a correta separação e deposição dos óleos alimentares usados, provenientes do setor doméstico. O óleo depositado nestes equipamentos irá permitir a valorização deste resíduo em biodiesel, contribuindo, deste modo, para promover a economia circular.

Os serviços de ambiente da autarquia avançaram também com uma campanha de reabilitação dos oleões do concelho, substituindo todos os autocolantes existentes nesses equipamentos por novos, uma vez que se apresentavam desgastados e, por isso, pouco visíveis.