GNR de Loulé detém dois homens por caça ilegal perto de habitações

  • Print Icon

GNR relembra que «o exercício do ato venatório é proibido a menos de 250 metros de habitações».

A GNR, através do seu Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Loulé, deteve ontem, dia 3 de outubro, dois homens de 74 e 75 anos pelo crime de caça em terreno não cinegético, a menos de 250 metros de habitações e povoações, na localidade de Monte Ruivo, concelho de Loulé.

Os militares, no decorrer de uma ação de fiscalização ao exercício do ato venatório, detetaram os suspeitos a caçar em terreno não cinegético, ou seja, em terreno onde não é permitida a caça, nomeadamente nas proximidades de um povoamento, que constitui uma área de proteção.

Após a realização de uma revista aos suspeitos, foram apreendidas duas armas de fogo calibre 12, 39 cartuchos calibre 12, duas cartas de caçador e dois livretes de arma de fogo.

Os detidos foram constituídos arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Loulé. A GNR relembra que «o exercício do ato venatório é proibido a menos de 250 metros de habitações, de acordo com a legislação em vigor».