Cogestão do Sapal de Castro Marim e VRSA debatida em duas sessões

  • Print Icon

Estão agendadas sessões participativas no âmbito da Cogestão da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António (VRSA).

Sob o lema «Porque todos queremos uma RESERVA VIVA», vão decorrer duas sessões participativas no âmbito da Comissão de Cogestão da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António (VRSA), nos dias 17 e 24 de janeiro.

O objetivo é ouvir todos os que partilhem interesse em relação a esta Área Protegida, contribuindo com a sua participação ativa para a estratégia de promoção e valorização da Reserva.

As sessões vão decorrer na Biblioteca Municipal de Castro Marim, no dia 17 de janeiro, e na Biblioteca Municipal de Vila Real de Santo António, a 24 de janeiro (ambas às 10h30), e dão início ao processo de participação pública, no âmbito da implementação do modelo de cogestão da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António (RNSCMVRSA).

Pretende-se, com esta iniciativa, recolher propostas que possam contribuir para alcançar os objetivos do desenvolvimento sustentável do território, em consonância com a estratégia do modelo de cogestão desta Área Protegida.

Em concreto, propostas das entidades do território, das populações locais e demais stakeholders, que contribuam para melhorar o Plano de Cogestão da RNSCMVRSA, o qual determina a estratégia a implementar com vista a valorizar e promover a Reserva, sensibilizar as populações locais e melhorar a comunicação com todos os interlocutores e utilizadores.