VRSA debate «O papel da imprensa na defesa da democracia»

  • Print Icon

No âmbito do 65º aniversário do Jornal do Algarve.

O Centro Cultural António Aleixo, em Vila Real de Santo António (VRSA), recebe no dia 17 de junho, sexta-feira, o simpósio «O papel da imprensa na defesa da democracia».

A iniciativa é organizada pela Câmara Municipal de VRSA, pela Escola Superior de Educação e Comunicação (ESEC) da Universidade do Algarve (UAlg) e pelo Jornal do Algarve, e insere-se nas comemorações do 65º aniversário desta publicação.

A conferência conta com um eclético painel de convidados composto por jornalistas, docentes universitários, dirigentes e especialistas em áreas tão distintas como o turismo, a saúde, a cultura, a educação ou a economia.

«A imprensa assume um papel fulcral no desenvolvimento das sociedades democráticas. De que modo o eco da sua ação se fez sentir em Portugal e, em particular, na região do Algarve?» é a reflexão de partida, que servirá de base para os quatro painéis que estruturam o colóquio.

Depois da sessão de boas vindas, que contará com a presença do presidente da Câmara Municipal, Álvaro Araújo, e da vereadora com o pelouro da Cultura, Conceição Pires, a primeira intervenção versa sobre o próprio título do simpósio e será o ponto de partida dos trabalhos.

A introdução está a cargo do jornalista e comunicador Neto Gomes, seguindo-se a intervenção do jornalista, professor universitário e político Alberto Arons de Carvalho.

Às 11h15 terá lugar o painel «Jornalismo de causas», cujo tema será introduzido pela jornalista Luísa Travassos e a moderação será conduzida pelo jornalista José Cruz. Serão convidados a intervir Horácio Neves (turismo), Eurico Gomes (saúde), Adriano Pimpão (educação) e Fialho Anastácio (infraestruturas e ambiente).

A tarde inicia-se com o painel «Desafios do jornalismo para o desenvolvimento regional», apresentado e moderado por Neto Gomes. Irão intervir neste bloco João Fernandes, presidente da Região de Turismo do Algarve, José Apolinário, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, Adriana Nogueira, Diretora Regional de Cultura do Algarve e Rui Lourenço, professor convidado do Departamento de Ciências Biomédicas e Medicina da UAlg.

O simpósio encerra com a mesa redonda «A importância da comunicação social do Algarve no futuro da região», cuja moderação será assegurada por Bruno Silva, diretor do curso de Ciências da Comunicação da UAlg, e Joana Palminha, professora de Comunicação Social na ESEC.

Este momento de debate irá contar com a presença dos jornalistas convidados Luísa Travassos, Filipe Vasconcelos Romão, Elisabete Rodrigues, Hugo Matias e Paulo Dentinho. Os estudantes de Comunicação Social da Universidade do Algarve irão também participar de forma ativa neste painel.

O simpósio tem entrada livre e está aberto ao público em geral.