Voos internacionais começam a regressar ao Algarve

  • Print Icon

Interesse das companhias aéreas pelo Algarve «está a crescer» e «reflete a confiança no destino para receber turistas em segurança».

São vários os voos internacionais que, a partir do final deste mês de maio, começam a regressar ao Algarve. Companhias como a Edelweiss (Suiça), a Luxair Tours (Luxemburgo), a Transavia (Holanda), a Lufthansa (Alemanha), a irlandesa Ryanair ou a britânica Jet2 são algumas das empresas que estão a anunciar a retoma de algumas das suas ligações para Faro.

Para João Fernandes, presidente do Turismo do Algarve, «estas são notícias muito positivas. O destino está a despertar um interesse crescente junto das companhias aéreas e operadores turísticos internacionais e isto é um sinal claro da confiança que estamos a conseguir transmitir a todos os viajantes. O Algarve está a ser reconhecido como um destino seguro e bem preparado para voltar a receber turistas, o que vem validar o enorme empenho e esforço conjunto que todos os agentes do setor do turismo da região têm feito, no sentido de implementar as melhores práticas para assegurar a proteção e o bem-estar de todos aqueles que nos visitam».

O dirigente acrescenta que «acreditamos que esta perceção é também o resultado da intensa campanha de comunicação que o Turismo do Algarve, em conjunto com o Turismo de Portugal e o Aeroporto Internacional de Faro, tem desenvolvido junto dos vários mercados internacionais».

De recordar que, desde o início da pandemia, o Algarve nunca deixou de comunicar com os seus públicos – turistas e agentes do setor -, apostando em campanhas online e nas redes sociais, e desenvolvendo ferramentas como visitas virtuais ao destino ou cursos de formação online para dar a conhecer a oferta da região.

«Procurámos, desde cedo, manter a notoriedade do destino no top of mind dos seus principais mercados emissores e fortalecer o envolvimento da marca Algarve com os seus públicos, através de um discurso responsável, de confiança face ao trabalho realizado, pioneiro – através de iniciativas como o selo clean & safe e o manual de boas práticas – e inspirador face aos atributos do destino. Colhemos agora os primeiros frutos desta estratégia», avança João Fernandes.

A poucos dias do arranque da época balnear, marcado para 6 de junho, o Algarve «está pronto para voltar a receber os turistas com toda a segurança».

Para quem chega de avião, isso será visível logo à entrada no Aeroporto Internacional de Faro, onde os passageiros irão encontrar um conjunto de medidas, implementadas de acordo com as indicações das entidades de saúde e da Autoridade Nacional de Aviação Civil, tais como: a medição de temperatura nas chegadas, a disponibilização de higienizadores de mãos em todos os pontos dos terminais, a existência de sinalética sobre a necessidade de distanciamento físico e de sensibilização para o uso de máscara, a instalação de proteções nos balcões de atendimento, entre outras.

«Ao longo da estadia, os turistas terão a oportunidade de comprovar e sentir o compromisso que o destino assumiu com a segurança dos seus visitantes, e que conta com o envolvimento de todos os agentes da região, incluindo, para além dos diretamente associados ao setor do turismo, as autarquias, as forças e serviços de segurança, os organismos das áreas da saúde, a Agência Portuguesa do Ambiente, entre outros. Nesse sentido, estamos confiantes que quem visitar o Algarve terá uma boa experiência, irá sentir-se confortável e protegido e irá, com certeza, partilhar essa perceção com outras pessoas. Esse passa-palavra será um contributo fundamental para a reconquista da confiança e da vontade de viajar de familiares e amigos», conclui João Fernandes.