Vila do Bispo sensibiliza para a poupança de água no concelho

  • Print Icon

Câmara Municipal de Vila do Bispo lança hoje, 22 de março, Dia Mundial da Água, uma campanha que apela à poupança de água no concelho.

Com recurso a uma fotografia que mostra o baixo nível da água na Barragem da Bravura, a autarquia alerta a população para a possibilidade de, se as condições climatéricas se mantiverem e não se registarem poupanças significativas nos consumos, virem a ocorrer problemas no abastecimento nos meses de verão.

A campanha terá presença nos canais de comunicação do município, imprensa local e faturas da água, estimando-se assim chegar a todos os munícipes, bem como a comerciantes e outros agentes económicos do concelho.

A Barragem da Bravura, que abastece o barlavento algarvio, está apenas a 14 por cento do seu nível máximo, e toda a região do Algarve encontra-se em seca extrema, sendo uma das zonas mais afetadas do país.

Em fevereiro, foi proibida a utilização da água da barragem para rega pelos agricultores e, na reunião da Agência Portuguesa do Ambiente (APA)/Subcomissão Regional da Zona Sul da Comissão de Gestão de Albufeiras, realizada a 23 de fevereiro em Lagos, uma das medidas de contingência aprovadas para fazer face ao agravamento da situação hidrológica do Algarve foi fixar «o uso exclusivo da albufeira da Bravura para abastecimento, suspendendo-se temporariamente os restantes usos».

A nível concelhio, a Câmara de Vila do Bispo deliberou suspender, «por razões imperiosas, o procedimento para novos pedidos de ramais para fornecimento de água para rega agrícola», encontrando-se a desenvolver trabalhos na monitorização e controlo de perdas de água, com o objetivo estratégico de combater as perdas reais e as perdas aparentes.