UAlg tem a maior percentagem de estudantes estrangeiros no país

  • Print Icon

Academia algarvia destaca-se a nível nacional.

A Universidade do Algarve (UAlg) continua a ser a universidade com maior percentagem de estudantes de nacionalidade estrangeira no país, segundo dados publicados recentemente na Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC).

Apesar da pandemia e da redução do recrutamento de novos estudantes de nacionalidade estrangeira em relação a 2019/20, os dados disponíveis até ao momento apontam para um aumento do número total destes estudantes em 2020/21. O número total de estudantes de nacionalidade estrangeira passou de 1724, em 2018/19, para 1856, em 2019/20, verificando-se, assim, um crescimento de 7,7 por cento (%).

Dos 1856 estudantes de nacionalidade estrangeira, 374 (20,2%) são estudantes de mobilidade e 1482 (79,8%) são estudantes de grau, ou seja, realizam um ciclo de estudos completo (licenciatura, mestrado e doutoramento) na UAlg.

O crescimento de estudantes de grau de nacionalidade estrangeira foi de 13,2%, (1309 para 1482), enquanto os estudantes de mobilidade diminuíram 9,9% (de 415 para 374). Já o crescimento de estudantes de grau de nacionalidade brasileira foi de 20,8% (de 714 para 862). Os estudantes de nacionalidade brasileira passaram a representar 10,7% do total, continuando a ser o mais elevado entre as Instituições de Ensino Superior públicas.

A UAlg integra assim o grupo de três universidades com uma percentagem de estudantes de grau de nacionalidade de um país não lusófono superior a 5%, registando 6%, mais do dobro do valor para o conjunto das IES públicas (2,8%).