Investigadores da UAlg instalam observatório subaquático em Sagres

  • Print Icon

Investigadores da Universidade do Algarve (UAlg) concluíram a instalação do observatório subaquático MARREAL, em Sagres.

A infraestrutura pretende ser um ponto de ligação entre a investigação científica, as escolas e o público em geral, no que se refere à observação do oceano.

O observatório fica localizado a uma profundidade de 20 metros e inclui vários tipos de sensores, tais como: câmara de vídeo subaquática; CTD (conductivity, temperature and depth), para medição da temperatura e da salinidade da água; Acoustic Back Scatter, para observação de partículas na coluna de água; e um sensor acústico, para audição do ruído submarino.

O observatório permite o registo em tempo real dos dados recolhidos por todos os sensores existentes na plataforma, que serão brevemente disponibilizados a toda a comunidade, via internet.

O fundeamento do referido observatório foi efetuado por uma equipa conjunta que envolveu elementos da Universidade do Algarve (UAlg), do Centro de Investigação Tecnológica do Algarve (CINTAL), do centro de mergulho científico do Centro de Ciências do Mar (CCMAR), e do INESC-TEC (Porto).

A instalação teve o apoio da Docapesca de Sagres que, entre outros apoios, cedeu o espaço para a instalação de parte da infraestrutura.

O navio «Mar Profundo» do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC-TEC) foi usado nas operações de fundeamento, que tiveram ainda o apoio da Capitania do Porto de Lagos, da Marina de Lagos e da Região de Turismo do Algarve.

Este observatório foi uma iniciativa da infraestrutura de investigação Tec4Sea , um projeto financiado pelo programa PT2020, ao qual se juntou o projeto KTTSeaDrones, financiado pelo INTERREG.