Turismo do Algarve cancela participação na BTL devido ao Coronavírus

  • Print Icon

João Fernandes, presidente do Turismo do Algarve, confirmou ao barlavento que esta entidade, à semelhança das congéneres, não irá participar na Bolsa Turismo de Lisboa 2020. Entidade segue as recomendações da Direção-Geral da Saúde que entende não estarem reunidas as condições de segurança.

As várias entidades regionais de turismo do país entendem que, atentas às últimas recomendações da Direção-Geral da Saúde no que toca à organização de grandes eventos e ponderadas todas as condicionantes, não estão reunidas as condições para manter a sua participação na BTL 2020 na data prevista para a sua realização, seja através de stand próprio seja através dos diversos eventos inicialmente programados.

Contudo, cientes da importância do mesmo e considerando o facto de este ser o momento de encontro entre muitos compradores e fornecedores do sector, muitos internacionais, todas estas entidades estão a envidar os melhores esforços para manter algumas das ações previstas em formato digital, sem prejuízo da possibilidade de o evento poder decorrer noutra data se assim for decidido.

Assim, juntamente com o NEST – Centro de Inovação do Turismo, o Turismo de Portugal concretizará o programa de «Hosted Buyers» (parceria Turismo de Portugal, TAP e AIP que junta em reuniões bilaterais cerca de 200 compradores internacionais com 300 empresas nacionais) numa plataforma digital que está a ser desenvolvida em conjunto com parceiros do NEST – Centro de Inovação do Turismo.

Desta forma estarão asseguradas as condições para a concretização de reuniões previamente agendadas de compradores Internacionais com interesse específico no destino Portugal. Saliente-se que esta mesma plataforma poderá também vir a permitir concretizar algumas das reuniões que não puderam ocorrer devido ao cancelamento da ITB Berlim.

É também em palco virtual, em plataforma especifica e redes sociais, que serão apresentados alguns dos conteúdos programados pelo Turismo de Portugal, pelas Secretarias Regionais e pelas Entidades Regionais do Turismo.

Neste mesmo palco decorrerá a programação do BTL Labs que, com a curadoria do NEST, pretende divulgar novos projetos, ajudando a estabelecer pontes entre quem desenvolve produtos e serviços inovadores para o turismo e entre quem deles necessita.

Cerca de 40 startups apresentam online os seus serviços e produtos para o sector, em pitches gravados em vídeo, disponibilizando-se também outros conteúdos nesta página como sejam as apresentações programadas para aquele espaço, procurando deste modo cumprir o programa do BTL Labs.

Uma vez que a grande maioria das empresas e agentes do sector tem já uma marcada presença digital, o Turismo de Portugal considera assim que, num momento de constrangimentos excecionais, estarão criadas condições para que o habitual networking e decorrente dinamização do sector que a BTL promove não sejam prejudicados, sem prejuízo para a possibilidade do evento poder decorrer noutra data se assim for decidido.

Apesar desta situação o Turismo de Portugal relembra que, de acordo com a Direção-Geral da Saúde, em Portugal não existem restrições de viagens, nem no acesso aos locais de interesse turístico, comércio ou produtos pelo que o melhor destino turístico do Mundo se encontra a postos e preparado para continuar a oferecer a todos quantos nos visitam, uma experiencia inesquecível.

Assinam esta posição, o Turismo de Portugal, a Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores, a Secretaria Regional de Turismo e Cultura da Madeira, Entidades Regionais de Turismo, Agências de Promoção Turística Regional e NEST – Centro de Inovação do Turismo. Vão recorrer a meios digitais para assegurar iniciativas previstas na BTL.

João Fernandes, no entanto, desconhece, para já, se a BTL 2020 vai ser cancelada.