Timing tem 45 vagas de emprego para combate à COVID-19

  • Print Icon

Numa fase em que se fala da possibilidade de um novo confinamento, a Timing está a trabalhar na ajuda ao combate à pandemia e encontra-se com 45 vagas por preencher na área da saúde.

As vagas são, predominantemente, para auxiliares de lar e enfermeiras/os, para diversas zonas do país.

Esta empresa de recursos humanos, além de um plano de ação para precaver os seus funcionários interna e externamente, viu o seu departamento de recrutamento da área da saúde ganhar mais valor.

«É importante não deixarmos vacilar o nosso Serviço Nacional de Saúde e, por isso, temos já colaboradores nossos a trabalhar na zona do Algarve e de Lisboa, por forma a apoiar e a colmatar equipas de saúde já em ação», refere Eva Quitério, Coordenadora de Recursos Humanos, da Timing.

Um dos focos tem sido o grupo de maior risco – os idosos e, consequentemente, as estruturas residenciais para idosos – que têm sido também os mais afetados. Por isso «achamos que devemos privilegiar a afetação de profissionais dedicados à prestação de cuidado destes doentes. É importante não deixarmos a população mais idosa tão vulnerável. E temos recebido pedidos de caráter urgente, quase todas as semanas», diz Andreia Pereira, que tem liderado alguns processos de recrutamento nesta empresa.

«O tempo urge e por isso, a Timing acompanha a necessidade de procura de profissionais de saúde, com respostas rápidas e eficazes. Estamos hoje, separados, mais juntos que nunca!», refere por último Eva Quitério.

Para se candidatar deve enviar o seu currículo para recrutamento.covid19@timing.pt ou através do site www.timing.pt