Tavira promove passeios geológicos para «Os Dias Abertos de Cachopo»

  • Print Icon

«Os Dias Abertos de Cachopo» apresentam dois passeios na freguesia serrana do concelho, de participação gratuita, e com a duração de sete horas.

No âmbito do programa de pesquisa e divulgação científica «Os Dias Abertos de Cachopo», a Câmara Municipal de Tavira promove, nos dias 3 e 4 de junho, na freguesia serrana do concelho, uma iniciativa sobre geodiversidade e alvenarias de xisto na arquitetura tradicional.

No primeiro dia, sábado, às 09h30, terá lugar o passeio «Histórias escondidas nas rochas e paisagens de Cachopo» por Francisco Lopes e Hélder Pereira (professores de Biologia e Geologia, especialistas em Património Geológico e Geoconservação).

Mais do que uma simples caminhada, propõe-se uma viagem no tempo para explorar as histórias escondidas nas rochas e paisagens de Cachopo e arredores.

O enredo dessas histórias inclui uma viagem de 350 milhões de anos com avalanches submarinas, fósseis de organismos marinhos e, ainda, cadeias de montanhas e oceanos desaparecidos.

Já no domingo, dia 4 de junho, à mesma hora, realiza-se o passeio «Processos e técnicas de construção tradicional, vernácula, de alvenarias de xisto» por Alexandre Miguel Costa (arquiteto) e Manuel João Rodrigues (mestre pedreiro).

Este passeio decorre na envolvente próxima da aldeia de Cachopo, visitando algumas das obras da autoria do, já extinto, GTAA Sotavento (Gabinete de Apoio às Aldeias do Algarve – Sotavento).

Serão explicadas as abordagens de recuperação e reabilitação em edifícios, azinhagas e caminhos, focadas no (re)uso das técnicas e processos de construção tradicional, vernácula, hoje praticamente desaparecidas.

As atividades são gratuitas e têm a duração máxima de sete horas, estando a partida de Tavira prevista para as 08h30

As ações têm número limitado de pessoas, sendo o transporte é da responsabilidade da autarquia, sendo que mais informações podem ser pedidas por e-mail (edu.museus@cm-tavira.pt).

As inscrições para «Os Dias Abertos de Cachopo» encontram-se abertas até ao dia 1 de junho, podendo ser realizadas aqui para o passeio «Histórias escondidas nas rochas e paisagens de Cachopo» e aqui para o passeio «Processos e técnicas de construção tradicional, vernácula, de alvenarias de xisto».

Recorde-se que «Os Dias Abertos de Cachopo», coordenado pelo Museu Municipal de Tavira, visa a proteção e salvaguarda do património cultural e natural (uma das metas do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) «Cidades e Comunidades Resilientes» da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável).

Neste inclui-se a relação entre património imaterial e sustentabilidade, centrada na Dieta Mediterrânica, valorizando, desta forma, os recursos territoriais e o conhecimento.

Este programa integra ainda o projeto «Dieta Mediterrânica nos Territórios de Baixa Densidade», financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional ao abrigo do Programa Operacional CRESC Algarve 2020.

«Os Dias Abertos de Cachopo» contam ainda com o apoio da Junta de Freguesia de Cachopo, do Centro Paroquial de Cachopo e da Associação In Loco.

Os interessados em explorar Cachopo, durante o fim-de-semana, têm à disposição os Centros de Descoberta do Mundo Rural, localizados nos montes da Feiteira, Casas Baixas e Mealha.