Tavira «desliga as luzes» para assinalar a Hora do Planeta

  • Print Icon

Câmara Municipal de Tavira volta a associar-se ao movimento global contra as alterações climáticas «Hora do Planeta».

Assim, no dia 27 de março, entre as 20h30 e as 21h30, serão desligadas, simbolicamente, as luzes do edifício dos Paços do Concelho, do monumento de homenagem aos combatentes da Grande Guerra, da Torre do Relógio da Igreja de Santa Maria e do Castelo.

Neste ano, a iniciativa tem também como objetivo chamar a atenção para o tema da «Água e Alterações Climáticas» e, nesse sentido, a autarquia compromete-se «a implementar, durante 2021, um sistema de monotorização e controlo ativo de perdas de água nos sistemas de rega, assim como um projeto que promova a eficiência hídrica nas escolas».

A «Hora do Planeta», uma ação da WWF – World Wide Fund for Nature. Nasceu em Sidney, na Austrália, em 2007, quando 2,2 milhões de pessoas e mais de 2.000 empresas apagaram as luzes por uma hora, numa tomada de posição contra as alterações climáticas.