Silves expõe «Arqueologia para Trás, um olhar para o futuro»

  • Print Icon

Mostra de Charlie Holt decorre em todo o Algarve.

O Museu Municipal de Arqueologia de Silves vai receber o novo projeto de Charlie Holt, «Arqueologia para Trás, um olhar para o futuro». Além da exposição permanente, os visitantes poderão desfrutar desta mostra durante o verão de 2020.

Charlie Holt apresenta objetos que podem vir a ser descobertos por arqueólogos e geólogos nos anos que estão por vir. «Quais serão os fósseis do futuro? O que poderá ser encontrado daqui a mil anos, ou até daqui a um milhão de anos? Que materiais sobreviverão? Será somente betão e plástico? Como é que a poluição irá afetar o ambiente do futuro?», são algumas das questões a que a mostra tenta dar resposta.

Estes fósseis tecnológicos inventados foram colocados em museus no Algarve, «escondidos entre outras relíquias…esperando por ser encontrados pelos visitantes…eles são pequenos…É uma caça ao tesouro…e você, enquanto visitante, é o arqueólogo. Alguns são reconhecíveis, mas outros são um mistério! Alguns estão escondidos dentro de um cubo, que precisará de ser aberto como um geodo ou uma amonita. O que poderá estar aqui?», desafia a organização.

A exposição ocorre simultaneamente em todo o Algarve, desde Alcoutim até à Carrapateira, com a intenção de dissimilar tecnofósseis criados pelo artista entre os objetos e relíquias nas coleções dos museus, ou em locais exteriores, como escavações arqueológicas, «silenciosamente à espera de serem encontrados pelos visitantes mais atentos».