São Brás de Alportel ajuda mais famílias a pagar a renda de casa

  • Print Icon

Em janeiro foram atribuídos apoios a 37 famílias.

O município de São Brás de Alportel, «consciente das dificuldades com que se deparam muitas famílias», o ampliou o número de apoios disponíveis no Programa de Apoio ao Arrendamento, com a assinatura de um conjunto de novos acordos na quarta-feira, dia 13 de abril.

Neste sentido, e no decurso do terceiro concurso para atribuição de apoios, que decorreu durante o mês de janeiro, foram atribuídas ajudas a 37 famílias são-brasenses, que contam desta forma com um apoio mensal da Câmara Municipal para pagar a sua renda.

«Consciente da dificuldade crescente e generalizada, em todo o país, no acesso à habitação», a autarquia tem procurado «dar resposta a esta problemática com a criação de medidas concretas, de que é exemplo o Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento, que consiste na atribuição de uma verba monetária mensal para ajudar os agregados familiares em situação de vulnerabilidade no pagamento da renda de casa».

A Câmara Municipal lançou esta medida em 2020 e, desde então, já atribuiu 73 apoios a famílias são-brasenses que vivem em casas arrendadas. Ao longo de todo o ano, os Serviços Sociais acolhem novos pedidos de apoio que merecem análise e podem integrar o Programa, em situação de relevante necessidade social.

A par deste programa, São Brás de Alportel lançou, também em 2020, o Programa de Apoio ao Arrendamento Jovem, uma nova resposta social «promotora do acesso à habitação e adequada às necessidades de jovens famílias».