São Brás atribui 12 mil euros a 12 instituições algarvias de cariz solidário

  • Print Icon

Atribuição destes apoios procura ajudar as instituições a fazer face aos desafios da sua missão e está prevista no âmbito do Plano Municipal de Apoios Sociais.

A Câmara Municipal de São Brás de Alportel destinou 12 mil euros a 12 instituições solidárias da região algarvia, que apoiam o município ao nível das respostas de saúde mental e de deficiência, no apoio à população idosa isolada do território serrano, no reforço da Plataforma Local de Ajuda Alimentar e do Fundo Social de Emergência e, também, no acolhimento a crianças em risco.

Esta é uma medida que, segundo a autarquia, «visa apoiar estas entidades a concretizar a sua missão, num ano em que se agudizam as problemáticas sociais e os desafios destas instituições, ao mesmo tempo que se registaram diminuições nas fontes de receitas, com o cancelamento de diversas iniciativas de angariação de fundos como é o caso do tradicional Mercadinho Solidário de São Brás de Alportel que, em 2020, para a prevenção do contágio por COVID-19, se realizou em moldes mais restritos e apenas com a participação de associações locais de cariz solidário».

No pacote de apoios deste ano, foram contempladas as seguintes instituições: Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral (APPC); Associação de Saúde Mental do Algarve (ASMAL); Associação para a intervenção e Reabilitação de Populações Deficientes e Desfavorecidas (EXISTIR); Associação dos Doentes Mentais, Famílias e Amigos do Algarve (UNIR); Associação de Pais e Amigos das Crianças Diminuídas Mentais (AAPACDM); Centro de Cultura e Desporto dos Trabalhadores da Câmara Municipal e Junta de Freguesia; Instituição de Solidariedade Social da Serra do Caldeirão; Banco Alimentar do Algarve; Santa Casa da Misericórdia de Albufeira; Casa de Santa Isabel; Casa da Primeira Infância e Refúgio Aboim Ascensão.