Santos Populares trazem bailes e concurso de mastros a Castro Marim

  • Print Icon

Junho é o mês dos Santos Populares e, após dois anos de interregno, Castro Marim volta a celebrá-los «como manda a tradição».

De 10 de junho a 9 de julho o concelho de Castro Marim estará em festa com os tradicionais bailes e arraiais, disputando-se também a 21ª edição do Concurso de Mastros, uma das tradições de maior apreço dos castromarinenses.

«Grinaldas de flores, balões e lanternas feitas em papel colorido misturam-se com o cheiro do alecrim e do manjerico, com o fado castiço, as marchas e a música popular», descreve a autarquia, que diz que tudo isto «são marcos incontornáveis desta tradição, que resultam do trabalho e dedicação das várias associações locais do município, que mesmo durante a pandemia se empenharam e comprometeram com esta dinâmica contribuindo para a iniciativa Tradição sobre Rodas – Santos em Casa, levada a cabo pela autarquia numa tentativa de não abandonar o Concurso de Mastros».

Este concurso culmina na Praça 1º de Maio, com o Arraial de S. João, na noite de 23 de junho, data em que o júri dará a conhecer a sua decisão sobre o trabalho das coletividades, em que se avaliam sobretudo os aspetos tradicionais, a originalidade e a imaginação nas quadras alusivas aos Santos Populares.

O XX Concurso de Mastros é uma organização da Câmara Municipal de Castro Marim e conta com a colaboração de várias associações e clubes locais: Associação Cultural «Amendoeiras em Flor», Associação Social da Freguesia de Odeleite, ARCDAA – Associação Recreativa, Cultural e Desportiva dos Amigos de Alta Mora, Campesino Recreativo Futebol Clube, Casa do Povo do Azinhal, Clube de Junqueira, Grupo Desportivo e Cultural do Rio Seco, Associação Recreativa e Cultural do Azinhal, Banda Musical Castromarinense e Irmandade do Imaculado Coração de Maria.