Restaurante Estaminé: o Luto dá lugar à Esperança

  • Print Icon

O Luto irá dar lugar à Esperança no sítio onde, um dia, existiu o Restaurante Estaminé. Começam esta semana os trabalhos de remoção dos escombros.

O único restaurante da Ilha Deserta, em Faro, que no passado dia 2 de março ardeu até às cinzas, vai voltar a reerguer-se.

A equipa da empresa Animaris que voltará a dar corpo ao projeto, regressou à ilha para dar início aos trabalhos de remoção dos escombros.

O recomeçar uniu toda a equipa num gesto simbólico, para ultrapassar o luto e dar lugar à esperança.

A empresa tem a cargo 33 funcionários e foi com todos eles no pensamento que o proprietário José Vargas, juntamente com a família, decidiu não baixar os braços e partir para a solução: reconstruir.

A primeira fase será remover tudo o que restou e começar já a plantar o novo Estaminé.

A estrutura será idêntica à anterior: um restaurante autossuficiente que respeita, protege e se integra totalmente na paisagem e na natureza envolvente.

Pode acompanhar a evolução através das redes sociais Instagram e Facebook do restaurante, onde todas as semanas será partilhada uma foto do processo de reconstrução.