Proteção Civil de Lagoa sensibilizou para o risco sísmico

  • Print Icon

A Proteção Civil de Lagoa envolveu toda a comunidade do Agrupamento de Escolas Rio Arade na sensibilização para o risco de incêndio.

A 10ª edição de «A TERRA TREME», exercício público de âmbito nacional de sensibilização para o risco sísmico, uma medida prevista na Estratégia Nacional para uma Proteção Civil Preventiva, realizou-se no passado dia 9 de novembro, às 11h09

Foi nesse sentido que a Proteção Civil de Lagoa, em parceria com o Agrupamento de Escolas Rio Arade (AERA), organizou um exercício em todas as suas infraestruturas escolares, do pré-escolar ao 3º ciclo do Ensino Básico, envolvendo toda a comunidade, num total de 1240 alunos, 100 docentes e 77 não Docentes.

O exercício em questão compreendeu a prática de três gestos simples que podem fazer a diferença perante a ocorrência de um sismo. A ação desenrolou-se durante um minuto, no qual os participantes, individualmente ou coletivamente, foram convidados a executar as três medidas autoproteção: Baixar – Proteger – Aguardar.

Sensibilizando para o facto de o Algarve se encontrar numa região de risco, a iniciativa visou capacitar a população para saber como atuar antes, durante e depois de um sismo, desafiando ainda o público a envolver-se na construção de comunidades mais seguras e resilientes a catástrofes.