Posto de Saúde da praia de Armação de Pêra sem enfermeiros para abrir

  • Print Icon

Município de Silves disponibiliza, anualmente, as instalações da Fortaleza de Armação de Pêra para funcionamento do posto de saúde de praia, entre meados de julho e de setembro. Este ano não foi diferente, mas a falta de enfermeiros não permite a abertura do local.

A autarquia, «assumindo e extravasando as suas competências», procedeu à contratação e instalação de dois contentores (com sala de enfermagem e sala de espera, climatizadas, e WC integrado), que garantem melhores condições de atendimento e prestação de cuidados especializados no local.

Apesar da insistência junto da Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve para a abertura do Posto de Saúde de Praia, programada pela referida entidade para o passado dia 19 de julho, o espaço ainda se encontra encerrado.

A Câmara Municipal de Silves «lamenta a situação e deseja que a ARS Algarve possa garantir a abertura do posto de saúde no mais curto espaço de tempo, atendendo à importância do serviço em período balnear».

Compreendendo «os esforços e as razões apontadas pela ARS, relacionadas com os Centros de Vacinação, a testagem da COVID-19 e as Unidades de Cuidados de Saúde Primários (serviços que, em grande parte, o Município de Silves se tem mostrado, desde sempre, envolvido e cooperativo na cedência de instalações, equipamento dos espaços, apoio logístico e de pessoal, entre outras), consubstanciadas na falta de profissionais», a autarquia reforça junto da ARS «a importância que a abertura e funcionamento do Posto de Saúde de Praia em Armação de Pêra tem face à presença massiva de veraneantes e ao direito de acesso aos cuidados de saúde nesta época balnear».