Portimão adere a projeto para melhorar carreiras e empregabilidade

  • Print Icon

Projeto piloto da Associação Better Future tem como objetivo desenvolver competências de gestão de carreira e aprendizagem ao longo da vida junto de pessoas em situação de desemprego, de emprego precário, ou que queiram melhorar as suas qualificações.

Estas oficinas de empregabilidade funcionarão na modalidade presencial entre 7 e 25 de março no Museu de Portimão, com um total de seis sessões, enquanto que a partir de 28 de março haverá lugar a um conjunto de três sessões de oficinas à distância, através de videoconferência. Portimão é um dos quatro municípios a integrar este projeto, juntamente com Loulé, Faro e Albufeira.

Com base no levantamento das expetativas e necessidades da população a que se destina o projeto, que tem amplitude nacional e arrancará no Algarve, os utilizadores serão ajudados a preparar-se para o mercado de trabalho ou a enfrentar o desemprego, contando para o efeito com a ajuda de uma equipa de psicólogos formados na área da Psicologia Vocacional e Desenvolvimento de Carreira.

Em paralelo, a Plataforma MyMentor disponibilizará informações e ofertas de emprego na região algarvia, assim como conteúdos exclusivos e úteis ao desenvolvimento de competências de empregabilidade e gestão de carreira, encontrando-se disponível orientação online por um tutorial virtual.

A iniciativa visa dar resposta ao aumento do desemprego e ao trabalho precário e instável existente no Algarve, resultado da elevada segmentação profissional, que tem como consequências a baixa escolaridade e qualificação da população ativa, a que se juntam os condicionalismos agudizados pela sazonalidade da atividade económica, que incide sobretudo no turismo.

Para a concretização do projeto, a Associação Better Future conta com as parcerias da Universidade do Minho, da Ordem dos Psicólogos, da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional e do Instituto do Emprego e Formação Profissional, a que se juntam no Algarve a Sta. Casa da Misericórdia de Albufeira e as Câmaras Municipais de Loulé, Faro, Albufeira e Portimão.

O programa é totalmente gratuito e tem financiamento do CRESC Algarve 2020 e da Fundação Calouste Gulbenkian

Podem ser obtidas mais informações neste link, onde deverá ser feita a respetiva inscrição, de número limitado.