Odiana lança vídeos promocionais dos seus territórios

  • Print Icon

Trata-se de um conjunto de três vídeos, um de cada concelho que constitui o Baixo Guadiana algarvio: Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António (VRSA), numa narrativa tripartida que revela o património natural e construído e que assenta numa premissa de «natureza sem fim».

Até ao final do ano, a Odiana irá lançar três vídeos dedicados ao Baixo Guadiana, mostrando «o que de melhor pode encontrar no território, desde o património construído ao seu invejável património natural».

São três capítulos que contam uma história conjunta e três lugares por descobrir no Baixo Guadiana. A tónica está no grande elo de ligação entre os três concelhos – «o majestoso rio do Sul com nacionalidade partilhada, o Guadiana».

«Mas também as matas nacionais, a fantástica fauna e a inebriante flora, a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e VRSA, a misteriosa Ria Formosa, os castelos e fortalezas, os vestígios arqueológicos, as panorâmicas invejáveis, a natureza a perder de vista», acrescenta a Associação Odiana.

Esta atividade estava inicialmente prevista enquanto evento turístico de circuito natural e patrimonial, reunindo, portanto, visitantes e turistas ao território.

No entanto, devido à situação atual pandémica, a atividade foi readaptada e materializou-se num portfólio audiovisual em formato de circuito a percorrer cada um dos três concelhos do Baixo Guadiana. Estes vídeos estão a ser disseminados e publicitados via redes sociais, num convite para que o turista conheça o património do Baixo Guadiana.

Estes vídeos são a etapa conclusiva do projeto «Promoturis», cujo cerne foi a promoção turística do território, no qual foram elaborados e disseminados produtos turísticos como o Guia da Grande Rota, o Guia de Birdwatching, o vídeo da Grande Rota do Guadiana (que arrecadou um prémio turístico), eventos de caminhada e birdwatching, campanhas publicitárias e uma Press Trip, entre muitas outras ações.

Este é um dos projetos «de maior sucesso» da Odiana, «cuja execução rondou os 100 por cento e cuja base foi uma estratégia concertada de divulgação e promoção do território», refere a direção da Associação.

«A meta final é dotar o território e os empresários de um conjunto de ferramentas de promoção que facilitará ambos na retoma da atividade económica e na promoção do destino turístico», conclui a Odiana.