Novo prémio da UAlg vai distinguir a melhor investigação da academia

  • Print Icon

As candidaturas para o «Prémio Investigador UAlg» decorrem de 19 de setembro a 20 de outubro.

Com o objetivo de distinguir e reconhecer publicamente o investigador da Universidade do Algarve (UAlg) que se tenha destacado a nível nacional e internacional pelo trabalho desenvolvido na área da investigação científica, a academia algarvia criou o «Prémio Investigador UAlg».

Trata-se de um galardão que se materializa na entrega de um diploma e de uma dotação no valor de cinco mil euros e que visa, de acordo com a instituição, «fomentar a fomentar a participação dos docentes e investigadores da UAlg em projetos, na internacionalização da academia com impactos efetivos na produtividade científica e na afirmação da excelência da universidade, enquanto instituição que integra o Sistema Científico e Tecnológico Nacional».

O júri desta é composto por Raquel Vilaça, professora catedrática da Faculdade de Letras, Universidade de Coimbra; Adelino Canário, professor catedrático da Faculdade de Ciências e Tecnologia e diretor do Centro de Ciências do Mar, UAlg; Isabel Palmeirim, professora catedrática da Faculdade de Medicina e Ciências Biomédicas, UAlg; Isabel Dias, investigadora coordenadora do Centro de Ciências e Tecnologias Nucleares, Universidade de Lisboa; e Luis Azevedo Rodrigues, diretor do Centro de Ciência Viva de Lagos.

Para concorrer é necessário ser detentor de vínculo jurídico-laboral com a UAlg, como docente ou investigador com a duração de pelo menos três anos ininterruptos, reportados a 31 de dezembro do ano anterior ao da edição do concurso.

As candidaturas decorrem de 19 de setembro a 20 de outubro de 2022 e são formalizadas em formulário online, disponível a partir de dia 19 de setembro e o prémio será entregue em dezembro, de cada ano civil, na cerimónia pública do Dia da Universidade.

O regulamento do prémio pode ser consultado aqui e para mais informações, basta consultar o sítio na Internet, ou enviar um email.