Monchique acolheu Projeto de Educação Estética e Artística

  • Print Icon

«Um trabalho invisível e que merece ser falado», segundo os responsáveis.

Monchique foi palco, durante cinco semanas, entre abril e junho, do PEEA – Projeto de Educação Estética e Artística, inserido no PArTE –  Projeto Arte e Território.

Esta iniciativa contou com o apoio logístico e financeiro no município de Monchique, abrangendo um total de 80 alunos do 1.º e 2º ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas de Monchique.

Durante uma semana (para cada turma) e partindo de uma narrativa associada a um percurso pedestre de interpretação da paisagem, a artista-pedagoga Alice Duarte trabalhou o teatro, a música, as artes visuais e a dança com os alunos e professores envolvidos.

As aprendizagens foram estimuladas através da fruição, da experimentação e da criação em diferentes domínios da Educação Artística, interpretando-se vários aspetos do território de proximidade.

Os PARTe são projetos de âmbito transdisciplinar, que associam a Arte a aspetos locais de valorização do património natural e histórico-cultural. Decorrem no âmbito do Programa de Educação Estética e Artística (PEEA), da Direção-Geral da Educação (DGE), em contexto escolar.

«Quando existem iniciativas de domínio público, existe também uma partilha e um conhecimento geral. No entanto, quando iniciativas destas acontecem em contexto escolar, o trabalho fica camuflado e merece ser falado e transmitido», consideram os responsáveis.