Loulé volta a procurar imóveis privados para habitação pública

  • Print Icon

A Câmara Municipal de Loulé, no âmbito da sua Estratégia Local de Habitação, retoma a procura por imóveis no mercado destinados à habitação pública.

Pela quarta vez, a Câmara Municipal de Loulé volta a auscultar o mercado imobiliário para tentar encontrar imóveis para aquisição e arrendamento, destinados à habitação pública.

No âmbito da Estratégia Local de Habitação 2019-2030, esta é uma consulta sem compromisso, onde os interessados podem apresentar proposta até ao dia 31 deste mês de outubro.

As propostas, como afirma a autarquia, devem destinar-se exclusivamente a fins habitacionais, respeitando apenas a imóveis localizados no concelho de Loulé, nas tipologias de T1 a T4, com condições de habitabilidade e que não careçam de obras de reabilitação, conservação ou remodelação.

Os imóveis devem ainda dispor de todas as redes de infraestruturas em funcionamento, como água, drenagem, eletricidade, saneamento e telecomunicações, além da necessária documentação atualizada.

A entrega das propostas pode ser feita através de e-mail (habita@cm-loule.pt), com menção do assunto «Habitação – Consulta ao Mercado de setembro de 2022», via postal, pu diretamente no serviço de expediente do município.

Com esta iniciativa, a autarquia pretende «reforçar o conjunto de ações que permitam cimentar as soluções habitacionais no concelho, e que tiveram recentemente mais um avanço com o início do procedimento de concurso para a construção de 64 fogos de habitação no Loteamento da Clona, na cidade» de Loulé

Recorde-se que, até 2030, o objetivo da Câmara Municipal é apoiar cerca de 1400 famílias ao abrigo da Estratégia Local de Habitação.

Para mais informações, basta contactar o Gabinete de Estratégia Local de Habitação através de telefone (289 400 714).