Loulé retoma Transportes Urbanos no concelho e ativa linhas de verão

  • Print Icon

Utilização deste serviço é gratuita.

Os Transportes Urbanos do Município de Loulé retomaram a sua frequência regular desde o dia 1 de julho, quarta-feira, depois de um período de quase quatro meses em que funcionaram de forma restrita, no âmbito do Plano de Contingência para a COVID-19 da Câmara Municipal de Loulé e da Loulé Concelho Global.

Assim, todas as linhas do «Apanha-me», nomeadamente a amarela, azul (Loulé), verde (Quarteira), branca (Vilamoura) e roxa (Almancil) voltam a funcionar na totalidade dos horários.

A única exceção serão as ligações da linha vermelha à estação ferroviária, realizando-se no horário único das 6h40, de segunda-feira a sábado, exceto feriados, em consonância com a passagem do Alfa Pendular.

Com a entrada do mês de julho e o arranque da época alta do turismo, a Loulé Concelho Global, empresa municipal responsável pela gestão dos transportes urbanos no município, dará cumprimento aos serviços especiais de verão.

Assim, no período compreendido entre 6 de julho e 6 de setembro, entram em funcionamento dois serviços determinantes para quem opta por umas férias no litoral deste concelho: a circulação noturna em Quarteira e Vilamoura e as ligações dentro de Vilamoura à Praia da Falésia.

De referir que o acesso aos transportes públicos urbanos no concelho de Loulé é livre e gratuito. Seguindo as orientações da Direção-Geral de Saúde, «o uso de máscara é obrigatório dentro dos mesmos, sendo o distanciamento social com a anulação de lugares entre passageiros. Está igualmente assegurado o reforço ao nível da frequência de higienização dos veículos».

Ao criar todas as condições, «tanto ao nível do conforto como da segurança sanitária, para a utilização dos transportes públicos urbanos», a Câmara Municipal de Loulé pretende ainda «reforçar a promoção da mobilidade coletiva, de forma a contribuir para a redução das emissões de C02 para a atmosfera».

Esta aposta no transporte coletivo «ganha ainda maior importância numa altura em que a população do concelho aumenta com a chegada dos veraneantes».