Loulé ilumina-se de azul para celebrar os 75 anos da ONU

  • Print Icon

António Guterres é, desde 2016, o Secretário-Geral deste organismo.

O município de Loulé ilumina o edifício dos Paços do Concelho de azul no próximo sábado, dia 24 de outubro, num gesto simbólico através do qual a Câmara Municipal se associa às comemorações do 75º aniversário da Organização das Nações Unidas (ONU).

A autarquia junta-se, assim, a atividades que irão realizar-se em vários pontos do globo, onde será sublinhado o papel desta instituição no contexto mundial, seja na manutenção da paz e segurança, promoção dos direitos humanos, desenvolvimento sustentável, cooperação entre os povos, entre outras ações determinantes para a Humanidade como são também as que têm decorrido do contexto pandémico atual.

A ONU foi criada oficialmente no período pós-Segunda Guerra Mundial, em 1945, no dia 24 de outubro, por meio do documento de fundação conhecido como Carta das Nações Unidas.

A motivação para a sua criação está relacionada com os conflitos internacionais que destruíram diversos territórios e vitimaram milhares de pessoas, trazendo assim, à tona, a necessidade de buscar a paz entre as nações. Atualmente é composta por 193 Estados-membros. O português António Guterres é o Secretário-Geral deste organismo, desde 2016.

Para os responsáveis da ONU, «mais do que nunca, é fundamental promover a solidariedade entre os povos para juntos se conseguir mitigar e combater os efeitos da pandemia».

Da parte do município de Loulé, «os valores que a ONU persegue enquadram-se naqueles que são os propósitos desta autarquia, numa adaptação local aos problemas que mais preocupam a Humanidade nos dias que correm, sejam eles derivados das guerras, as discrepâncias sociais e económicas, a fome ou as questões sanitárias como a COVID-19», esclarece a edilidade.