Loulé atribui 1 milhão de euros às instituições sociais do concelho

  • Print Icon

No âmbito das políticas sociais levadas a cabo no município, a Câmara de Loulé aprovou a atribuição de um montante de 1029821,04 euros a 30 Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho (e entidades similares), de forma a apoiar as atividades e os projetos desenvolvidos em prol do desenvolvimento social.

Este apoio às IPSS será canalizado para áreas como o desenvolvimento das atividades sociais a cargo da instituição; manutenção e renovação de edifícios e eficiência energética, bem como apoio na aquisição de equipamentos e de viaturas.

Refira-se que, à semelhança do que acontece com os contratos-programa de âmbito desportivo e cultural, estes apoios foram precedidos de candidaturas efetuadas pelas instituições e que posteriormente foram analisadas pelos serviços técnicos da autarquia, de acordo com critérios definidos desde 2017.

«Esta medida faz parte de um conjunto de ações que promovemos, em consonância com aquilo que é o trabalho meritório das instituições, com o fim de construir um concelho mais solidário, mais justo e promotor de uma melhor qualidade de vida para todos os munícipes», consideram os responsáveis municipais.

As associações que irão receber este apoio são: Associação Social e Cultural de Almancil; Associação de Saúde Mental do Algarve; Associação de Bem Estar dos Amigos de Querença;  Associação Juvenil Akredita em Ti; Associação Humanitária de Doentes de Parkinson e Alzheimer; DOINA – Associação de Imigrantes Romenos e Moldavos do Algarve; Associação Esperança e Paz; Associação Poeta Aleixo; Associação Pró-Beneficiência e Progresso de Alte; Associação Social para o Progresso e Bem-Estar da freguesia de Benafim; Associação Social e Cultural da Tôr; Casa da Primeira Infância; Casa do Povo do Ameixial; Centro de Animação e Apoio Comunitário da Freguesia de Alte; Centro Apoio Criança de Quarteira; Centro Social e Comunitário de Vale Silves; Centro Paroquial de Quarteira; Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação Faro / Loulé; EXISTIR – Associação para Intervenção e Reabilitação de Populações Deficientes e Desfavorecidas; Fundação António Aleixo; Grupo de Amigos de Salir; Instituição de Solidariedade Social da Serra do Caldeirão; Liga dos Combatentes – Núcleo de Loulé;  MAPS – Movimento de Apoio à Problemática da Sida; Nova Terra – Cooperativa de Habitação e Construção Económica de Loulé CRL; NT Social – Cooperativa de Solidariedade de Loulé; Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime; Santa Casa da Misericórdia de Loulé; UNIR – Associação dos Doentes Mentais, Famílias e Amigos do Algarve e Colégio Origami, CRL.