Lagos quer ser um território «ainda mais amigo das crianças»

  • Print Icon

Na data em que se assinalou o Dia Mundial da Criança, a Câmara Municipal de Lagos deliberou dar início ao processo de adesão ao Programa Cidades Amigas das Crianças.

Lançado pela UNICEF em 1996, com o objetivo de «colocar as crianças em primeiro lugar, tanto no mundo em desenvolvimento como no mundo industrializado, em contexto rural ou urbano», o programa tem vindo a ser promovido pelo Comité Português para a UNICEF com o intuito de «contribuir para a aplicação dos direitos da criança no contexto mais próximo da sua vida quotidiana – o município».

«O Programa Cidades Amigas das Crianças preconiza a adoção de políticas administrativas e de gestão territorial que promovam o bem-estar de todos os cidadãos e em particular das crianças, e que criem condições favoráveis ao desenvolvimento saudável e incentivem a participação dos cidadãos mais jovens na vida da comunidade. Uma cidade Amiga das Crianças garante a equidade no acesso de todas as crianças a serviços de qualidade e a oportunidades para que possam desenvolver plenamente as suas potencialidades».

Na mesma linha de atuação, Lagos integra, desde junho de 2017, a Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE) e a Rede Territorial Portuguesa de Cidades Educadoras, organismos que promovem a troca e partilha de experiências, no âmbito da educação não formal em toda a sua abrangência, e que entendem a cidade como um espaço de oferta de importantes elementos para uma formação integral do indivíduo.