Lagos homenageia tradições piscatórias e gastronómicas com novo livro

  • Print Icon

«Baía de Lagos – Comida do Mar», da autoria de Patrícia Borges e Nicolas Lemonnier.

O Auditório Paços do Concelho Séc. XXI, em Lagos, foi palco da apresentação do livro «Baía de Lagos – Comida do Mar», ontem, quinta-feira, dia 27 de janeiro, numa cerimónia integrada nas celebrações dos 449 anos sobre a Elevação de Lagos a Cidade.

Da autoria de Patrícia Borges (texto) e Nicolas Lemonnier (fotografia), esta edição da Câmara Municipal de Lagos foi criada a pensar na gastronomia associada à costa lacobrigense, fazendo igualmente uma homenagem às suas singulares tradições piscatórias.

Nesta sessão, que contou com a presença de José Apolinário, presidente da CCDR Algarve, Hugo Pereira, presidente da Câmara Municipal de Lagos, referiu o seu «entusiasmo em torno deste projeto de valorização do nosso mar e da nossa gastronomia, mas também do reconhecimento das nossas gentes, tradições e memórias».

O autarca mencionou ainda que «é mais do que um livro de gastronomia, é também um enaltecimento do nosso mar, Meia Praia, Vale da Lama e Arte Xávega».

Nicolas Lemonnier, responsável pela fotografia da edição, referiu a sua experiência com trabalhos em Lagos, os quais despertaram em si a vontade de realizar uma obra que «retratasse a pesca tradicional única praticada em Lagos», assim como as receitas que dela resultam, tão representativas de Lagos e do Algarve.

Autora dos textos e pesquisa do livro, Patrícia Borges destacou as várias espécies encontradas em Lagos e que acabam por distinguir as receitas retratadas em relação ao resto do Algarve, nomeadamente o peixe, os moluscos, bivalves e as condelipas.

Através de um extenso trabalho de investigação, foi compilada informação sobre os costumes, cultura, tradições e artes de pesca, com destaque para a Arte Xávega da Meia Praia, atualmente a única xávega do país a usar a força dos braços.

A autora referiu ainda o contributo precioso de lacobrigenses na produção deste livro, o qual contribuiu para tornar o livro «numa verdadeira homenagem às receitas identitárias da região, mas também um testemunho de mães e da sua experiência com o mar de Lagos».

O livro «Baía de Lagos – Comida do Mar» estará disponível, brevemente, para venda nos equipamentos culturais do concelho, assim como no Posto de Turismo de Lagos.