Lagos apresenta orçamento de 72 milhões de euros para 2022

  • Print Icon

Orçamento da Câmara Municipal de Lagos assenta em quatro eixos prioritários.

A Câmara Municipal de Lagos, «apostando na continuidade da estratégia governativa encetada nos mandatos anteriores e com base no projeto político sufragado nas recentes autárquicas», apresentou um conjunto de estratégias agregadas em torno de quatro eixos prioritários, que visam tornar Lagos cada vez mais «Solidária, Segura e Saudável», «Ordenada, Acessível e Limpa», «Sustentável» e «Próxima das Pessoas».

Para a sua concretização, a autarquia lacobrigense conta com um orçamento global de 72.996.091,00 euros, traduzindo-se num crescimento de 10 por cento face a 2021.

A Proteção do Meio Ambiente e Conservação da Natureza, a Cultura, a Habitação, a Administração Geral e o Abastecimento de Água e Saneamento, são as áreas que irão absorver a maior fatia de investimento, representando 75 por cento do total do Plano Plurianual de Investimentos (PPI) previsto e 33 por cento do total da despesa.

As Grandes Opções do Plano e Orçamento para o ano económico de 2022 e demais documentos previsionais foram aprovados pela Câmara Municipal de Lagos no passado dia 15 de dezembro, dentro do calendário estabelecido no início de cada novo ciclo autárquico.

As propostas seguem agora para apreciação e deliberação da Assembleia Municipal, que reunirá no dia 27 de dezembro.