Lagos apoia idosos com nova linha de atendimento telefónico

  • Print Icon

Câmara Municipal de Lagos está a desenvolver diversas atividades para assinalar o Dia Internacional da Pessoa Idosa, a 1 de outubro.

Outubro será também o mês do idoso em Lagos, para reforçar «a importância de apoiar esta franja da população tão vulnerável».

A autarquia de Lagos desenvolveu a Linha de Atendimento Telefónico ao Idoso, que consiste num serviço que efetua contactos telefónicos com alguma periodicidade (quinzenalmente) aos idosos que contactam os serviços ou que estejam referenciados por outras entidades, e que tenham pouca ou nenhuma rede de suporte social.

Este acompanhamento permitirá não só atenuar a solidão por eles sentida mas, também, possibilitará a monitorização de algumas situações, acautelando eventuais necessidades que possam emergir.

«Um simples telefonema lembra que os idosos não estão abandonados e que esta autarquia presta especial atenção a esta franja da população cada vez mais vulnerável», explica o município.

O serviço funciona todas as quartas-feiras das 9h30 às 16h30, e o acesso será através do número geral da Câmara Municipal de Lagos (282 771 700 ou 282 780 900), onde as técnicas de ação social do município e um psicólogo estarão disponíveis, em exclusivo, a efetuar atendimentos e contactos telefónicos aos seniores lacobrigenses.

O GAPI – Gabinete de Apoio à Pessoa Idosa assume como principal objetivo combater o isolamento social da população sénior lacobrigense, permitindo o acompanhamento dos idosos em situação de vulnerabilidade.

Em simultâneo, pretende contribuir para a prevenção de problemáticas de saúde mental, procedendo ao devido encaminhamento de situações que requeiram uma resposta neste âmbito. Este tipo de resposta «vem reforçar a intervenção» deste município «na área da terceira idade, apresentando um atendimento especificamente direcionado para a população sénior, que vem assumindo uma relevância crescente na nossa sociedade».

Ao longo de todo o mês de outubro, estará patente no Piso 0 do Edifício Paços do Concelho Séc. XXI a exposição fotográfica «Projeto Meninos d’Antigamente», resultante de uma parceria entre o Centro Comunitário Dar a Mão do CASLAS e a Santa Casa da Misericórdia de Lagos – Residências Maria Francisca Fialho.

Do referido projeto, resultou uma reportagem fotográfica pelo fotógrafo amador Alfredo Gomes.

A exposição tem como objetivo central reforçar, junto da comunidade local e das várias gerações, os valores de respeito, de solidariedade e a empatia para com os seniores.