Lagoa substitui pisos degradados nos parques infantis do concelho

  • Print Icon

Sujeitos a intervenção foram os espaços do Jardim do Regato, da Urbanização da Quinta dos Poços, da Urbanização Covas da Areia, do Jardim D. João II na Mexilhoeira, da Bela Vista e da Escola EB de Estômbar.

O Município de Lagoa, ao longo dos meses de outubro e novembro, procedeu à substituição do piso de vários parques infantis existentes no concelho, que se encontravam em mau estado.

Para além desta intervenção, que teve um investimento a rondar os 80 mil euros, a autarquia prepara-se para dar continuidade a este trabalho, requalificando alguns parques infantis do concelho.

 «A necessidade de substituição do pavimento de segurança dos parques infantis deveu-se ao facto de muitos se encontrarem degradados, apresentando lacunas no índice de amortecimento e capacidade de amortecimento, não garantindo o determinado na legislação aplicável», explicam os responsáveis municipais..

Neste sentido, a Câmara de Lagoa optou por adquirir e aplicar pavimento de borracha tipo in-situ, «por apresentar vantagens e características que, em face às condições atmosféricas existentes no Algarve, se torna mais adequado à nossa região».

Esta tipologia de pavimento de segurança «não dispõe de juntas, por ser contínuo, o que elimina as tradicionais aberturas no pavimento por placas, provocadas pela deformação da borracha quando exposta à intensidade solar», explica a autarquia.