Lagoa paga testes à COVID-19 para retoma do desporto jovem

  • Print Icon

Iniciou-se, durante este fim de semana, a realização dos testes às crianças e jovens que praticam atividade física nas diversas associações sedeadas no concelho de Lagoa.

Face ao facto de algumas federações não terem comparticipado com o pagamento dos testes à COVID-19, para que as crianças e jovens possam retomar a sua atividade física, o município de Lagoa decidiu pagar os testes para que todos os clubes consigam cumprir com a orientação 36/2020 da Direção-Geral de Saúde, que obriga a apresentação de um teste negativo para a retoma das atividades desportivas.

Atento às dificuldades económicas que muitos clubes e agregados familiares atravessam, o município de Lagoa investiu cerca de 20 mil euros para a realização dos testes à SARS-CoV-2 por um laboratório especializado para o efeito. Desta forma, Lagoa poderá realizar a retoma da atividade desportiva «nas condições de segurança exigidas».

«É muito importante que as nossas crianças e jovens retomem a atividade desportiva o mais rápido possível, mas em segurança. E o município de Lagoa, mais uma vez, foi parte da solução, indo ao encontro dos anseios dos clubes, dos pais e da população. No entanto, há que lamentar o facto de que, quem tinha a responsabilidade de garantir a realização dos testes, não o tenha feito, e seja mais uma vez o município a garantir, sozinho, o bem-estar da população», lamentou Luís Encarnação, presidente da Câmara Municipal de Lagoa.

Nesta primeira fase serão realizados cerca de 700 testes, mas o município já se prepara para a retoma da atividade física que decorrerá durante o mês de setembro/outubro.

Para além dos testes gratuitos para a retoma da atividade física, o município de Lagoa prepara-se, igualmente, para assinar um protocolo com a Associação Nacional de Farmácias, para oferecer testes gratuitos à população.