Lagoa destinou mais de um milhão de euros para apoiar IPSS’s em 2020

  • Print Icon

Durante o último ano, o município de Lagoa apoiou diferentes IPSS’s sediadas no concelho com um valor contabilizado em 1.023.872,02 euros.

Ao abrigo de protocolos específicos celebrados com cada uma das 11 Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho de Lagoa, mas também no âmbito dos Gabinetes de Apoio Social de Proximidade Integrado (GASP) criados em seis localidades, ou ainda enquadrado pelo apoio extraordinário de resposta ao contexto da pandemia COVID-19, os apoios do município desdobraram-se em diferentes formatos, de modo a responder às múltiplas e diferenciadas necessidades que se multiplicaram ao longo do ano de 2020.

O valor do apoio concedido às 11 IPSS’s apoiadas por protocolo ascendeu a 820 mil euros. O Centro de Apoio Social de Porches (CASP), o Centro de Apoio a Idosos de Ferragudo (CAIF), o Centro de Apoio Social de Carvoeiro (CASC), a ACD CHE Lagoense, a ADR Quinta S. Pedro, o Centro Popular Lagoa, a Santa Casa da Misericórdia de Estômbar, o Centro Paroquial de Estômbar, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima-Lagoa (APAV), a Cooperativa de Reeducação e Apoio Excecional à Criança-Lagoa (CRACEP) e a Associação Pró-Partilha, foram as instituições beneficiadas.

Por seu lado, pelos seis Gabinetes de Apoio Social de Proximidade Integrados (GASP) foram distribuídos 48 mil euros, que permitiram fazer face a problemas prementes identificados em cada um dos lugares do concelho de Lagoa.

Os diversos GASP sedeados no concelho «e que contribuem de forma importante para a estratégia de desenvolvimento social do concelho, são uma resposta de proximidade do município em cooperação com IPSS’s», tais como a ACD Che Lagoense, o Centro de Apoio Social de Carvoeiro, a Santa Casa da Misericórdia, o Centro de Apoio a Idosos de Ferragudo, a ADR – Centro Cultural e Social da Quinta de S. Pedro, bem como o Centro de Apoio Social de Porches, «para garantir a intervenção célere e adequada as necessidades locais».

Ainda durante o ano de 2020, a Câmara Municipal de Lagoa, atendendo e respondendo às dificuldades geradas pelo contexto de pandemia, reforçou os protocolos celebrados com as IPSS’s com 130 mil euros, aumentando em 25 mil euros os apoios direcionados a casos de carência.