Lagoa cede terrenos para construção de estruturas de apoio a idosos

  • Print Icon

Terrenos foram cedidos a duas IPSS do concelho.

A Câmara Municipal de Lagoa anunciou a atribuição, a duas Instituições Particulares de Solidariedade Social, de terrenos situados em Porches e na Mexilhoeira da Carregação, para construção de novas estruturas ao serviço dos idosos do concelho.

Em ambos os casos, o direito de superfície foi cedido gratuitamente pelo prazo de cinquenta anos, renováveis sucessivamente por iguais períodos de tempo.

Em Porches, o terreno cedido tem uma área total de 2856 metros quadrados (m2), incluindo a área de implementação de 856 m2.

O valor foi estimado em 85700 euros e a sua atribuição ao Centro de Apoio Social de Porches (CASP) foi confirmada por despacho assinado pelo presidente da autarquia, Luís Encarnação, no dia 13 de outubro.

O espaço, propriedade da Câmara, fica agora destinado à construção de um novo equipamento residencial para idosos, numa futura estrutura vocacionada para as funções de «Centro de Dia» ou de apoio domiciliário, podendo ainda integrar valências de apoio à saúde mental ou à deficiência.

Na Mexilhoeira da Carregação, foi confirmada, em escritura pública de 7 de outubro, a cedência à Associação Desportiva e Recreativa – Centro Cultural e Social da Quinta de S. Pedro (ADR) de um terreno com 4455 m2, avaliado em 111400 euros.

Este espaço também este terreno se destina à construção de um equipamento social com funções de lar, centro de dia e apoio domiciliário.

Segundo Luís Encarnação, «a estratégia da Câmara assenta na promoção e incentivo à construção de estruturas sociais que possam dar resposta às necessidades da população do concelho de Lagoa. Torna-se necessário desenvolver soluções num contexto em que as solicitações são crescentes».