Jovens artistas expõem pintura e fotografia no IPDJ em Faro

  • Print Icon

Mostras estarão patentes até fim de agosto.

A Direção Regional do Algarve do Instituto Português do Desporto e Juventude acolhe, a partir de segunda-feira, dia 10 de agosto, duas exposições de jovens artistas.

A primeira, denominada «Entre o belo e o hediondo», é uma exposição coletiva de Olavo Costa, Joana Costa, Beatriz Martins, Lúcia Fernandes, Maria Eduarda e Catarina Moreira, jovens estudantes universitários que se reuniram e, em diferentes abordagens, procuram representar o que existe entre o belo e o hediondo, interpretando o belo como aquele ideal clássico de uma beleza inimaginável e inatingível pelo ser humano, e o hediondo como aquilo que é repulsivo, nojento e inflige dor nos sentidos.

O posicionamento destas obras no espectro que vai do belo ao hediondo cabe à interpretação racional e emocional do espectador – «este deve procurar dentro de si mesmo e chegar às suas conclusões, pois o que habita nesta zona cinzenta, que é balizada por dois conceitos tão antónimos, existe sem uma definição fixa», explica a organização.

A segunda exposição será «2020, so far», uma mostra de fotografia de Glantosz, que pretende mostrar a sua visão e a sua realidade relativamente ao ano de 2020, passando uma mensagem positiva e de confiança relativamente ao mundo das artes, pelo qual sempre teve um grande fascínio.

Glantosz, é um jovem estudante do ensino secundário em Faro, que utiliza a fotografia como forma de expressão desde tenra idade.

Ambas as exposições podem ser visitadas de 10 a 31 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 10 às 17 horas.