João Marques quer candidatura participada à Câmara Municipal de Faro

  • Print Icon

Para João Marques, candidato pelo Partido Socialista à Câmara Municipal de Faro, a construção do programa eleitoral passa pela participação pública.

Na sequência da apresentação pública da candidatura de João Marques à presidência da Câmara Municipal de Faro, arranca hoje a auscultação pública aos farenses.

João Marques está na rua e faz o apelo à democracia e à cidadania ativas.

Nesta primeira fase pretende conhecer os anseios dos/as farenses para a sua cidade.

Para o candidato do Partido Socialista (PS) à Câmara Municipal de Faro, «este processo começa por onde deve começar, na rua, ouvindo os Farenses, auscultando os seus anseios e as suas ideias para o concelho».

João Marques acrescenta que sendo este um projeto que se quer amplamente participado, não faria sentido começar por apresentar um programa fechado.

Segue-se a ação «Faro, Rua a Rua, Porta a Porta» com o objetivo de conhecer e olhar especificamente a realidade de cada bairro, cada freguesia, cada zona da cidade.

Esta auscultação tem o objetivo de, não só registar as preocupações dos cidadãos/ãs, mas também materializá-las em soluções e propostas, por forma a construir um programa com os/as farenses e para os /as farenses.

Sob o lema «Gente de Faro é Gente que Faz», todas ações poderão ser acompanhadas nas redes sociais «onde manteremos uma presença forte e constante», através do Facebook (aqui e aqui) e do Instagram (aqui e aqui).

Em entrevista ao barlavento, João Marques já tinha revelado algumas das ideias-chave da sua candidatura.