Inauguração da primeira «Living Street» de Faro acontece amanhã

  • Print Icon

Cerimónia está marcada para terça feira, dia 20 de julho, às 18h30, na Rua Caldas Xavier, sendo «restrita» a convidados e moradores daquela artéria.

O projeto da primeira «Living Street» de Faro acontece na sequência de uma candidatura do município à iniciativa com o mesmo nome, do qual saiu vencedor em Portugal, tendo garantido um financiamento de 20 mil euros por parte do programa EUKI (Iniciativa Europeia para o Clima) do Ministério Federal do Ambiente, Conservação da Natureza e Segurança Nuclear da Alemanha.

Faro contou com a proposta portuguesa com a pontuação mais elevada, visando uma intervenção na Rua Caldas Xavier para transformar aquele espaço público quase inteiramente dedicado ao estacionamento automóvel num espaço verde e de convívio, livre de carros.

Depois de um processo de intervenção que promoveu a participação comunitária e visou assegurar a sustentabilidade do projeto, o município incentivou a formação de uma Rede de Ação e Reflexão que reúne cerca de 50 membros, entre moradores e entidades locais.

Após vários estudos de requalificação apresentados pelos serviços da autarquia, os moradores envolvidos neste projeto escolheram uma das propostas, que foi entretanto implementada e que será agora inaugurada.

Devido às contingências da situação pandémica, a cerimónia será «restrita» a convidados (entre os quais representantes das várias entidades envolvidas) e moradores da rua Caldas Xavier. A sessão contará ainda com um momento de fado, a cargo de Alcino Bom (também residente na rua).