Hospital de São Gonçalo de Lagos passa a ser gerido pelo CHUA

  • Print Icon

O Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA) passa a contar com mais uma unidade hospitalar, o Hospital de São Gonçalo de Lagos (HSGL).

A assinatura do contrato de cessão de posição contratual entre o Grupo HPA Saúde e o Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA), que se realizou ontem, dia 25 de janeiro, dita que o Sistema Nacional de Saúde (SNS) disporá de 44 camas, Bloco Operatório, Consultas, Laboratório, Imagiologia e Serviço de Urgência Básico, permitindo assim a «ampliação da qualidade de cuidados de saúde, em segurança, pela imagem da região».

«O contrato de arrendamento entre a CGD (FII SaúdeInveste) e o CHUA visa colocar e estabilizar no perímetro do SNS, as instalações do Hospital São Gonçalo de Lagos (construção de 2005), cujo internamento ocupámos, há exatamente um ano, ainda com base na Lei da declaração do estado de emergência (janeiro de 2021), por acordo de então entre a ARS Algarve e o grupo privado HPA (que termina a exploração), repondo e recuperando agora também a resposta em atividade cirúrgica e ampliação do respetivo internamento, em substituição das instalações arrendadas do antigo hospital de Lagos (construção de 1496) a operar no limite da segurança estrutural e cuja localização adversa é deveras preocupante», refere o conselho de administração do CHUA.

A sessão de assinatura deste contrato decorreu já nas instalações do Hospital de São Gonçalo e estiveram presentes Ana Varges Gomes, presidente do conselho de administração do CHUA, os vogais executivos Paulo Neves e Patrícia Rego, o diretor clínico Horácio Guerreiro e a enfermeira diretora Mariana Santos, além do presidente do conselho de administração e o administrador do Grupo HPA Saúde, João Bacalhau e Artur Bacalhau, respetivamente, e a vereadora da Câmara Municipal de Lagos Sara Coelho.

Ana Varges Gomes realçou a importância deste «momento histórico para o CHUA, uma vez que nos vai permitir oferecer mais e melhores cuidados de saúde aos nossos utentes, trazendo os cuidados diferenciados para perto da população».

João Bacalhau, presidente do Conselho de Administração do Grupo HPA destacou «a colaboração entre os prestadores de cuidados de saúde privados e o SNS em prol da população».

Já a vereadora Sara Coelho, na sua intervenção, reforçou o valor desta nova estrutura de saúde. «Este novo hospital ao serviço do SNS vai ser muito importante para o município de Lagos e para as Terras do Infante, uma vez que o crescimento dos serviços de saúde representa também o crescimento da região».

As negociações para o arrendamento deste espaço hospitalar tiveram início em março de 2021, quando o conselho de administração do CHUA manifestou à tutela o interesse em desenvolver esforços para realizar, com acordo de princípio do HPA, a transferência integral do antigo hospital de Lagos para o HSGL se para tanto conseguir as mesmas condições de exploração desta unidade com o Fundo Imobiliário da CGD, proprietário das instalações, que agora foi alcançado com a Portaria de Autorização assinada já pelas tutelas das Finanças e Saúde.

O Hospital de Lagos, sob gestão do SNS passará a designar-se por Hospital Terras do Infante para o que se promoverá alteração de registo de denominação sem prejuízo da sua exploração imediata.

Grupo HPA Saúde reforça presença no Barlavento

Esta unidade integra o Grupo HPA Saúde desde dezembro de 2017, fazendo parte do conjunto dos seis hospitais que o HPA detém no Algarve, Alentejo e Madeira.

Já em abril de 2020, o Grupo HPA Saúde tinha disponibilizado de forma exclusiva esta unidade para acompanhamento de doentes COVID-19, «num esforço de colaboração com o SNS, num momento particularmente difícil da pandemia, sendo que desde janeiro do ano passado voltou a ceder os seus serviços de internamento e bloco operatório para cirurgias de ambulatório de doentes NÃO-COVID».

Dotado de ótimas infraestruturas, conta com 30 camas, duas salas de bloco operatório, atendimento permanente e todos os equipamentos necessários a uma prestação de cuidados médicos em segurança e qualidade.

Por seu lado, o Grupo HPA Saúde irá reforçar a sua presença na região do Barlavento com a inauguração de duas novas unidades na cidade de Lagos e mais uma ampliação ao Hospital Particular de Alvor.

As unidades em Lagos serão dedicadas ao diagnóstico e atendimento ambulatório, enquanto as melhorias no HPA-Alvor incidirão na área da Oncologia, Oftalmologia, Exames Especiais, Bloco Operatório e respetivo recobro.

O Grupo HPA Saúde «endereça votos de muito sucesso ao CHUA e aos seus colaboradores, congratulando-se sobretudo com os benefícios que a população de Lagos e do Barlavento Algarvio podem vir a usufruir em rapidez e eficácia em cuidados de saúde».

«Neste momento tão complicado que atravessamos, o mais importante é criar parcerias e pontes entre o setor público e privado, que permitam oferecer respostas e alternativas à população do Algarve», adianta o Grupo HPA Saúde.