Homem constituído arguido em Almancil por violência doméstica

  • Print Icon

Buscas permitiram ainda a apreensão de vário material.

A GNR de Almancil constituiu arguido um homem de 39 anos por violência doméstica na passada quinta-feira, dia 28 de abril.

Os militares da Guarda, no seguimento de uma investigação por violência doméstica, realizaram diligências «que permitiram apurar que o agressor infligia ofensas verbais e psicológicas contra a vítima, sua companheira de 34 anos, apurando-se ainda que o mesmo era detentor de uma arma de fogo ilegal».

Na sequência da investigação, foi dado cumprimento a dois mandados de busca, uma domiciliária e outra em veículo, que culminaram com a apreensão de vário material: uma arma de caça, 24 munições de calibre 12, um invólucro de calibre 12, três artigos pirotécnicos, 3,4 doses de haxixe e uma arma branca.

O  suspeito foi constituído arguido e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Loulé. A ação contou com o reforço da Unidade de Intervenção (UI) e do Destacamento de Intervenção (DI) de Faro.