GNR de Olhão apreende 450 quilos de atum por falta de autorização

  • Print Icon

Dois Atuns-Rabilho pesavam cerca de 450 quilos e valiam 8.700 euros.

No decorrer de uma ação policial, ontem, dia 6 de julho, a Unidade Controlo Costeiro (UCC) através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Olhão da Guarda Nacional Republicana (GNR), duas embarcações que não possuíam qualquer tipo de autorização para a captura daquela espécie.

Os prevaricadores foram detetados no âmbito de uma ação de preservação de espécies marinhas, salvaguarda da fauna e flora das zonas costeiras, e captura de pescado proveniente de pesca profissional, que contou com o auxílio do Sistema Integrado de Vigilância Comando e Controlo (SIVICC).

A captura de exemplares desta espécie está sujeita a determinados prossupostos legais, de modo a garantir, a longo prazo, a sustentabilidade ambiental, económica e social da pesca, com base nos dados científicos disponíveis, sendo que a captura sem autorização é considerada contraordenação muito grave, punida com que pode ascender aos 50 mil euros.

O pescado apreendido foi posteriormente doado a instituições de solidariedade social.