GNR apreende armas em Quarteira num cenário de violência doméstica

  • Print Icon

Armas apreendidas pela GNR em Quarteira durante uma investigação por violência doméstica.

O Comando Territorial de Faro da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Subdestacamento Territorial de Quarteira, ontem, dia 18 de janeiro, constituiu arguido um homem de 53 anos e apreendeu diversas armas proibidas no âmbito de um processo de violência doméstica, em Quarteira.

No âmbito de uma investigação de violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito agredia e ameaçava a vítima, sua ex-companheira de 53 anos, com quem manteve um relacionamento durante 30 anos.

No seguimento da investigação, foi dado cumprimento a três mandados de busca, uma domiciliária, uma em oficina e uma em terreno, que culminaram na apreensão do seguinte material:

  • Três tacos de basebol, tendo um deles parafusos cravados;
  • Um arco e oito setas;
  • Uma faca de mato e uma faca ponta e mola;
  • Uma pistola de ar comprimido de calibre 5.5;
  • Duas caixas de chumbos calibre 5.5;
  • Uma espingarda de ar comprimido de calibre 5.5;
  • Uma besta.

O suspeito foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Loulé.