Futebol do Algarve une-se ao Banco Alimentar na luta contra a fome

  • Print Icon

Associação de Futebol do Algarve (AF Algarve), em parceria com o Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve, está a promover a recolha de bens alimentares não perecíveis para ajudar quem mais precisa.

Os bens podem ser entregues até ao dia 21 de dezembro na Sede da AF Algarve, no Complexo Desportivo da Penha, em Faro, de segunda a sexta-feira, entre as 9h30 e as 18h00. Todas as doações serão entregues ao Banco Alimentar no dia 22 de dezembro.

Carlos Figueira, diretor da AF Algarve com o Pelouro da Responsabilidade Social, refere que «através desta parceria com o Banco Alimentar, instituição de reconhecimento mérito na luta contra a fome, a AF Algarve pretende demonstrar a sua solidariedade com todos aqueles que passam por crescentes dificuldades no tempo presente, dando o mote para futuras iniciativas na área da responsabilidade social».

Já segundo Nuno Alves, presidente do Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve, o principal objetivo desta parceria é continuar a dotar a instituição «de recursos suficientes para garantir o apoio às instituições e, consequentemente, às famílias carenciadas».

«Não queremos ninguém a passar fome, seja em que época for, mas nesta altura do ano a sensibilidade é ainda maior. Na mesa não pode haver pratos vazios», acrescenta.

«Apesar de somarmos vários anos de trabalho na região, nunca é demais referir que as nossas portas estão sempre abertas para quem nos quiser visitar ou ajudar», conclui o responsável.

Para Carlos Figueira, «o sucesso da gestão de uma instituição, e sobretudo de uma organização sem fins lucrativos como é o caso da AF Algarve, exige que se tenha capacidade de agir sobre os problemas do presente e, em simultâneo, rasgo ao projetar o futuro. Não é possível fazê-lo sem uma estreita ligação aos diversos setores da sociedade e aos grandes desafios do nosso tempo. A fome é um deles e o futebol, o futebol positivo que mobiliza e edifica, tem uma palavra a dizer».