Festival da Batata-doce de Aljezur regressa em novembro

  • Print Icon

Depois de uma edição em formato digital devido à pandemia COVID-19, o evento, um dos maiores festivais gastronómicos de outono do sul do país, volta a um formato presencial «muito perto da normalidade».

O Festival da Batata-doce de Aljezur regressa no fim de semana de 26 a 28 de novembro, funcionando na sexta-feira e sábado das 12h00 às 24h00 e, no domingo, das 12h00 às 22h00.

O município procedeu a alguns ajustes e vai realizar o certame «com algumas restrições e adaptações, mas muito perto da normalidade», num espaço mais amplo para acomodar os visitantes em segurança.

A variedade de oferta gastronómica passará pelas tradicionais tasquinhas, com uma Zona Petisqueira no seu interior que abordará a Batata-doce de Aljezur de forma mais «descomprometida e leve», à qual se associam livremente os restaurantes do concelho que complementam a oferta gastronómica deste espaço do festival.

Várias dezenas de expositores, acompanhados de animação itinerante, «trarão a cor, o artesanato e os produtos genuínos da região para deleite dos milhares de visitantes que são esperados neste fim-de-semana» em Aljezur.

A tentação do doce mantém uma presença forte e em cada esquina do festival será fácil ser aliciado por vários produtos onde a Batata-doce de Aljezur, nas suas múltiplas utilizações, marca a diferença, seja através de pastelaria variada, num chocolate, num licor, numa compota, numa aguardente, num gelado ou até em cervejas.

Segundo a Câmara Municipal, «para os visitantes estará também reservada a venda direta da melhor batata-doce do mundo, a única com Identificação Geográfica Protegida (IGP), devidamente embalada e garantida pela Associação de Produtores de Batata-doce de Aljezur que irá ainda disponibilizar a batata assada em forno de lenha e também frita».

A entrada no evento, bem como o estacionamento, são gratuitos.