Ferragudo comemorou 23 aniversário de elevação a vila

  • Print Icon

Ferragudo comemorou 23 aniversário de elevação a vila, com um programa cheio de significado e pujança para o futuro.

Além do habitual hastear das bandeiras, desta vez com a presença de dois agrupamento de escuteiros, o 413 de Ferragudo e o 511 de Lagoa, abrilhantado pela fanfarra deste último, homenagearam-se durante amanhã os antigos combatentes falecidos sepultados no cemitério da vila.

A tarde iniciou-se com uma assembleia de Freguesia extraordinária , com um único ponto na ordem de trabalhos, o de deliberar sobre o contrato inter-administrativo entre a Junta de Freguesia e a Câmara Municipal de Lagoa, com vista à gestão da nova casa mortuária da Vila.

Seguiu-se a apresentação do novo branding da Vila, construído e apresentado pela Kpata, que indicou que o conceito foi pensado para celebrar o lado pitoresco da vila, altamente diferenciador de todas as outras vilas e aldeias piscatórias da região.

O principal desejo é enaltecer a tradição de Ferragudo, sempre com os olhos postos no futuro, o logo foi desenhado para a possibilidade de ser desconstruído, mediante a necessidade de recorrer aos elementos individuais.

Finalizando a parte oficial das comemorações, foi assinado o contrato inter-administrativo entre a Junta de Freguesia e a Câmara Municipal de Lagoa, para a gestão da casa mortuária, por ambos os presidentes, equipamento esse que é uma mais valia para a vila, proporcionando comodidade no ultimo tributo aos amigos e familiares de falecidos, crentes ou não crentes, num espirito ecuménico proporcionado pela arquitetura, enquadramento e mobiliário do referido equipamento.

O final do dia encerrou com um set de DJ, ao por do sol, no Largo Rainha D. Leonor com o DJ Alexandre Ramos e Saxofonista Luis Raposo.