Faro faz chegar Rede Solidária do Medicamento a 250 pessoas

  • Print Icon

Iniciativa com parceria com Associação Dignitude já permitiu a 100 munícipes carenciados do concelho a aquisição de medicamentos sem custos ao longo de 2019.

O presidente da Câmara de Faro anunciou hoje, quinta-feira, dia 16 de janeiro, no arranque das III Jornadas do Envelhecimento Ativo, a decorrer na Universidade do Algarve (UAlg), o alargamento do «Programa Abem – Rede Solidária do Medicamento» que permitiu já a 100 munícipes carenciados do concelho a aquisição de medicamentos sem quaisquer custos ao longo de 2019.

Com a extensão anunciada por Rogério Bacalhau do programa protocolado com a Associação Dignitude, os cartões de beneficiários «Abem» chegarão agora a 250 cidadãos, que assim terão acesso, de forma 100 por cento gratuita, em farmácias aderentes, a medicamentos sujeitos a receita médica e comparticipados pelo Sistema Nacional de Saúde.

Para o presidente farense «este é um projeto que integra um conjunto de medidas que o município tem conseguido implementar, em parceria com outras entidades, não só do concelho mas também de âmbito regional e nacional, de forma a encontrar respostas que minimizem situações de carência e vulnerabilidade dos nossos munícipes, com uma atenção redobrada para os mais idosos».

A pensar na segurança e bem-estar destes, o município de Faro implementou com sucesso a instalação de 40 equipamentos de teleassistência junto de idosos carenciados em situação de isolamento.

O programa está a ser implementado pelo Gabinete de Apoio ao Idoso do município de Faro em articulação com a GNR, PSP e as entidades parceiras da rede de ação social do concelho.

Dado o sucesso alcançado nesta primeira fase, está a ser estudado o alargamento para 80 equipamentos.