Faro e entidades estão «Unidos Contra o Desperdício» alimentar

  • Print Icon

Movimento congrega várias entidades.

A Câmara Municipal de Faro aderiu, no presente mês de março, ao movimento «Unidos Contra o Desperdício», dando seguimento a uma política de combate ao desperdício alimentar.

O município assume assim «o compromisso da sustentabilidade, procurando desafiar os seus parceiros, fornecedores, colaboradores e restantes munícipes, com ou sem ligação ao setor da alimentação, a aderir ao movimento».

A partilha de boas práticas e a difusão de informação serão as principais medidas da autarquia para concretizar o objetivo. O movimento, nacional e cívico, nasceu no dia 29 de setembro de 2020, primeiro dia instituído pelas Nações Unidas como «Dia Mundial de Consciencialização para as Perdas e o Desperdício Alimentar».

Pretende chamar a atenção para a temática do desperdício de alimentos e consciencializar a população em geral para a sua importância. Com um programa anual composto por diversas atividades, procura promover a mudança de atitudes em toda a cadeia de intervenientes (os que produzem, os que fabricam, os que transformam, os que embalam, os que transportam, os que consomem e os que descartam os resíduos).

Integram, como membros fundadores do movimento, as seguintes entidades: Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP); Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED); Associação Portuguesa de Logística (APLOG); Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP); Confederação Empresarial de Portugal (CIP); Comissão Nacional de Combate ao Desperdício Alimentar (CNCDA); Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares (FPBA); Lisboa Capital Verde Europeia; Refood e Zero Desperdício.

O movimento «Unidos Contra o Desperdício», que congrega um número considerável de entidades públicas e privadas, tem o Alto Patrocínio da Presidência da República.

Refira-se que um terço dos alimentos do mundo são desperdiçados, 88 milhões de toneladas de alimentos são desperdiçados na Europa e um milhão de toneladas de alimentos são desperdiçados em Portugal. Por tudo isto, o Município de Faro convida os munícipes a aderir gratuitamente ao movimento aqui.