Dia de Portimão celebra 30 anos da UAlg na cidade

  • Print Icon

Arranque das comemorações do 98.º aniversário de elevação de Portimão a cidade celebram 30 anos do polo da Universidade do Algarve (UAlg).

A partir deste sábado, vão ser muitos os pontos altos das comemorações relativas ao 98.º aniversário da elevação de Portimão à categoria de cidade, oficializada no Diário do Governo de 11 de dezembro de 1924, nas quais as iniciativas culturais e desportivas, bem como o tema da Educação e Sustentabilidade Ambiental, merecem especial atenção.

Assim, e durante este período, serão comemorados os 30 anos do polo local da Universidade do Algarve (UAlg), marcando já amanhã o início da programação do Dia da Cidade, a que se seguirá no dia 9 a homenagem aos professores que acabaram de cessar a sua atividade profissional.

Na abertura da cerimónia do 30.º aniversário do polo local da UAlg, agendada para as 10h00 deste sábado no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, intervirão a presidente da Câmara Municipal, Isilda Gomes, a diretora da Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo, Alexandra Rodrigues Gonçalves, e o Reitor da Universidade do Algarve (UAlg), Paulo Águas, a que se seguirá a entrega de lembranças alusivas à efeméride aos docentes Ludgero Sequeira, Figueiredo Santos e Cristina Bentes.

Momentos musicais a cargo do Grupo Fole e da Tunabebes pautarão a sessão, na qual estudantes dos vários cursos que passaram pelo Campus de Portimão irão partilhar os seus testemunhos, sendo ainda apresentado o selo comemorativo do aniversário.

Nesta data, serão inauguradas três exposições, uma das quais com fotografias que retratam os 30 anos do Campus de Portimão da UAlg, com foco nos estudantes que foram e continuam a ser marcos importantes da instituição, e poderá ser vista no TEMPO até 11 de dezembro.

Ainda no mesmo espaço cultural, poderá igualmente ser vista até 11 de dezembro a exposição filatélica «Portugal, um pequeno país muito especial», também integrada no 30º aniversário do polo da UAlg, em parceria com a AFAL – Associação Filatélica do Algarve, cuja temática é o Turismo e que reúne parte do espólio do filatelista Romano Caldeira Câmara.

Em paralelo, a Casa Manuel Teixeira Gomes inaugura às 16h00 a exposição «XXV», que celebra 25 anos de pintura do artista portimonense João Sena e ficará patente até 27 de janeiro de 2023.

Voluntariado em evidência

No dia 5 de dezembro, o município de Portimão assinalará o Dia Internacional do Voluntariado com a revelação dos vencedores da quarta edição do Prémio Municipal de Voluntariado.

A data celebrará também o voluntariado jovem, com a realização no ‘hall’ do Museu de Portimão de um convívio, marcado para as 16h00, onde serão partilhados testemunhos e experiências de voluntariado no âmbito do programa «Geração XXI», criado em parceria pelo município de Portimão e a Dypall Network e que neste dia assinala o quinto aniversário.

A partir das 18h00, terá lugar no auditório do Museu a atribuição das distinções relativas ao Prémio Municipal de Voluntariado 2022 nas categorias individual e coletiva, com a apresentação de todos os projetos que se candidatam e a revelação dos vencedores.

O encerramento da cerimónia estará a cargo da presidente da Câmara Municipal de Portimão, que realçará a importância das boas práticas nesta vertente comunitária tão importante em termos de responsabilidade social e cidadania ativa.

No dia 8 de dezembro, vai ser assinalado o 15º aniversário do Mercado Municipal de Portimão, situado na Avenida São João de Deus, com bolo de aniversário e a inauguração oficial da exposição de fotografia «Xá·ve·ga», de Pedro Noel da Luz, marcada para as 10h00.

A mostra, patente até 7 de janeiro de 2023, integra um conjunto de fotografias sobre a arte xávega, forma de pesca artesanal ainda hoje praticada.

O primeiro destaque do dia 9 de dezembro terá lugar no Café-concerto do TEMPO, quando às 16h00 começar a cerimónia de homenagem aos professores cessantes, que durante o último ano letivo passaram ao regime de aposentação no concelho.

Cerca das 18h30, será a vez da Casa Manuel Teixeira Gomes acolher a conferência-debate «Teixeira Gomes – A Guerra e a Paz», a cargo do professor catedrático Nuno Severiano Teixeira, com entrada livre.

Nuno Severiano Teixeira é um confesso admirador da obra literária de Manuel Teixeira Gomes e propõe-se abordar o relevante papel do então ministro plenipotenciário de Portugal em Londres, aquando da entrada do país na Grande Guerra 1914-1918.

Para 10 de dezembro, véspera do Dia da Cidade, foram programados dois eventos de realce, a começar pela Gala do Desporto – Homenagem aos Campeões Portimonenses da época 2020/2021, que começará às 16h30 no Portimão Arena.

Durante a cerimónia serão entregues prémios aos atletas que, a nível individual ou coletivo, obtiveram títulos federativos internacionais, nacionais ou distritais, quer em representação das seleções nacionais, quer em representação dos clubes, escolas ou universidades em que se encontram filiados, não sendo esquecidos os dirigentes dos clubes e associações locais que mais se destacaram na promoção do desporto.

Depois, às 21h00, o palco principal do TEMPO acolhe a Sociedade Filarmónica Portimonense, que protagonizará o concerto comemorativo do 98.º aniversário de elevação de Portimão a cidade, com entrada gratuita, embora sujeita à disponibilidade, mediante levantamento prévio na bilheteira do Teatro, conforme o seguinte calendário: dias 3, 6, 7 e 9 – 13h00 às 18h00; dias 8 e 10 – 14h00 às 20h00.

Sustentabilidade ambiental domina Dia da Cidade

Como é tradicional, as comemorações de 11 de dezembro, Dia da Cidade, arrancarão às 9h00 no Largo 1º de Maio com o Hastear da Bandeira, onde participarão a Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Portimão, a Sociedade Filarmónica Portimonense e a Sociedade Columbófila de Portimão.

Meia hora depois será inaugurado oficialmente o espaço «Alameda Sénior», localizado em frente à entrada para o parque de estacionamento da Praça da República, sob responsabilidade da Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Portimão.

Às 10h30, a sessão solene do 98.º Aniversário da Elevação de Portimão a Cidade terá lugar no TEMPO e será subordinada ao tema «Sustentabilidade, recursos e comunidade», contando com as intervenções da presidente da Assembleia Municipal, Isabel Guerreiro, de três especialistas na área da sustentabilidade e ambiente, e da presidente da Câmara Municipal de Portimão, ficando os momentos musicais a cargo da Sociedade Filarmónica Portimonense.

O tema que inspira esta sessão será tratado por Alice Newton, oceanógrafa e professora de Ciências do Mar no Departamento de Ciências do Mar e do Ambiente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UAlg, Jânio Monteiro, professor do Instituto Superior de Engenharia da UAl, e Jorge Cristino, mestre em Relações Internacionais, pós-graduado em Direito do Ambiente, e especializado em Cooperação para o Desenvolvimento e em Estudos Europeus.

Ainda no âmbito da sustentabilidade, vai ser apresentado às 16h00 no Museu de Portimão o livro “A Missão das Cidades no combate às alterações climáticas”, do engenheiro Jorge Cristino, que aborda o crescimento demográfico global, a concentração da população em áreas urbanas e o aumento insustentável do consumo.

Através deste trabalho, o autor pretende sublinhar o papel que as cidades podem e devem desempenhar no panorama internacional, em prol da sustentabilidade e da saúde planetária.

Exposições fotográficas no Museu de Portimão

Também no Museu de Portimão vai ser inaugurada às 17h00 a exposição da 22.ª Corrida Fotográfica de Portimão, com entrega de prémios aos vencedores desta edição, que registou a inscrição de 131 amantes da fotografia de dez nacionalidades diferentes, conferindo-lhe uma forte dimensão internacional.

A mostra ficará patente até 23 de abril 2023, no seguinte horário: terça-feira das 14h30 às 18h00 e de quarta-feira a domingo das 10h00 às 18h00, tendo entradas livres nas manhãs de domingo.

Em simultâneo, também será inaugurada no Museu a exposição de fotografia «Planeta em Fúria», do engenheiro do Ambiente Bruno Gonçalves, natural de Portimão, que visa sensibilizar para as profundas e severas alterações climáticas através de imagens que conjugam uma beleza inigualável, mas igualmente destruidora.

Patentes até 19 de fevereiro, estas imagens de tempestades, vulcões, eventos e efeitos severos poderão ser vistas no horário de funcionamento do Museu de Portimão.

Destaque ainda para a abertura oficial do novo polo local da Escola de Hotelaria e Turismo que, por estes dias, começará a funcionar nas antigas instalações do antigo Estabelecimento Prisional de Portimão, após profunda obra de requalificação e adaptação.

Com inúmeras atividades desportivas, culturais e populares para todos os gostos e idades, articuladas com o movimento associativismo das três freguesias do concelho, entre as quais hidroginástica, petanca, karaté, xadrez, baile, rock, cante, escorregas, empreita de palma e muito mais, o programa oficial prolonga-se até 12 de dezembro e pode ser consultado na íntegra aqui.