Detidos por furtos no Algarve e Alentejo pela GNR de Albufeira

  • Print Icon

O Comando Territorial de Faro, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Albufeira e de Silves da Guarda Nacional Republicana (GNR), deteve, no concelho de Albufeira, dois homens de 22 e 35 anos por furtos no Algarve e Alentejo.

No âmbito de uma investigação por furtos no parque de estacionamento de uma praia, no concelho da Lagoa, no dia 31 de agosto, os militares da Guarda detetaram que os suspeitos efetuaram pagamentos em estabelecimentos em Albufeira com recurso a cartões de crédito furtados.

No seguimento da ação foi possível localizar os suspeitos que, ao aperceberem-se da presença da GNR, encetaram uma tentativa de fuga, tendo sido intercetados e detidos momentos depois.

Além do material furtado no concelho de Lagoa, apurou-se ainda a existência de bens furtados nos concelhos de Sines e de Odemira, tendo sido apreendido o seguinte material:

  • Uma viatura;
  • Dois telemóveis;
  • 660 euros em numerário;
  • Vários cartões de crédito/débito;
  • 18 maços de tabaco de diversas marcas;
  • Um relógio de pulso;
  • Um objeto metálico pontiagudo utilizado na quebra dos vidros das viaturas;
  • Malas e sacos de viagem;
  • Diversos artigos de vestuário e calçado.

Os detidos, com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, foram presentes ontem, dia 2 de setembro, a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Portimão, onde lhes foram decretadas as medidas de coação de apresentações bidiárias nos postos policiais das suas áreas de residência e proibição de entrar no distrito de Faro.

A ação contou com o reforço do Destacamento Territorial de Albufeira e de Lagoa.